Sevilha é uma cidade cheia de história e cultura, e a quarta maior cidade da Espanha. Acredita-se que foi fundada no século XIII a.C., e desde então foi dominada pelos turdetanos, romanos, visigodos, mouros… ou seja, uma mistura de culturas e costumes que com o passar dos anos, moldou a cidade e seus habitantes. Separamos algumas dicas imperdíveis de Sevilha abaixo.

Dicas sevilha

Conhecida por ser sempre ensolarada, Sevilha está geralmente entre os roteiros que incluem Portugal e Espanha, por estar perto da divisa entre os dois países. No meu caso, o trajeto era entre as duas capitais (Lisboa – Madrid) e resolvi parar em Sevilha no meio do caminho. E que descoberta deliciosa!

Então vamos lá, quais as melhores dicas de Sevilha?

Alameda Hércules

A lenda de Hércules e a cidade de Sevilha andam juntos. Diz a lenda que quando Hércules “separou” a terra com suas mãos, ele estava separando a Sevilla de Tânger, Marrocos, e criando o Estreito de Gilbratar. Seja o que for, um dos fundadores da cidade foi apelidado de Hércules também e a figura ficou tão famosa que há uma Alameda com colunas gregas para celebrá-lo.

A dica é conhecer a Alameda Hércules durante à noite. Eu fui durante o dia e acredite, não vale nem um pouco a pena. E durante a noite está cheia de gente comendo, bebendo, tapeando.

Dicas: Las Setas de Sevilla

setas

Eu normalmente não gosto de construções muito modernas no meio de cidades como Sevilha, onde o charme está muito ligado a sua arquitetura, mas essa construção é diferente. Entretando, as Setas não foram feitas para constratar agressivamente, e sim para compor o cenário da cidade de um jeito fluído. Por isso, é lindo admirar as construções mais antigas por entre as curvas de Las Setas. É a maior construção de mandeira do mundo.

Há um post completo aqui.

Catedral de Sevilha & La Giralda

catedral la giralda

“Façamos uma igreja tão grande que aqueles que a virem terminada pensem que estamos loucos” – deixo vocês com essa apresentação.

A Catedral de Sevilha é a terceira maior catedral do mundo, e demorou aproximadamente 100 anos para ser construída (1402-1506). Dito isso, fica evidente a mistura de estilos e adornos em sua construção. Ela foi planejada para celebrar o catolicismo, numa cidade antes dominada pelos arábes – até porque, no lugar da Igreja havia uma mesquita moura que desabou durante um terremoto em 1356.

La Giralda é o nome dado à torre, graças a uma estatua (agora chamada de El Giraldillo) que encontra-se na entrada da Igreja. 

A entrada normal custa 9€, e reduzida (estudantes e crianças) 3€. A entrada para subir na torre La Giralda custs 9€ e é comprada separadamente. Aconselho comprar online antecipadamente para evitar filas na hora de entrar.

Real Alcazar de Sevilla

Real Alcazar

O palácio mais bonito que eu já vi até agora – foge do obvio europeu e você consegue se perder por lá por horas, não é por menos que foi um dos cenários de Game of Thrones. Igual à Catedral de Sevilha, o Real Alcazar levou muitos anos para ser construído, gerando também uma mescla de estilos muito rica – árabe, gótico, renascentista e barroco. O estilo dominante é o mudéjar, presente também em outras construções na cidade e região, e se refere à uma mescla da arte cristã com elementos islâmicos.

Há um post completo aqui.

A entrada custa 12,5 – tarifa reduzida custa 4. Novamente, aconselho comprar antecipadamente online para evitar filas na hora de entrar.

Universidade de Sevilha

Dicas sevilha

Saindo do Real Alcazar, há poucos minutos caminhando você encontra a Universidade de Sevilha. Antigamente era uma antiga fábrica de tabaco e é um lugar muito importante para a história da cidade. Era o local onde as mulheres enrolavam os cigarros, cantando e batendo palmas ao ritmo da sua própria música – dizem ser aí que nasceu o flamenco.

Na verdade, ninguém sabe ao certo de onde o ritmo veio, visto que a cidade de Sevilha sempre foi multicultural, o que se sabe é que é uma herança cultural muito forte e ainda presente na cidade.

A universidade é linda e com certeza vale a visita. Sem contar o fato de que os restaurante em frente à universidade são ótimos e mais em conta que os turísticos espalhados pela cidade.

Dicas: Plaza Espanha

plaza espanha sevilha

A Plaza Espanha de Seilha encontra-se no Parque de María Luisa e foi construída em 1928 para a Exposição Ibero-Americana de 1929. Como as outras construções citadas anteriormente, é uma mistura dos estilos neorrenascentista e mudéjar. Dessa vez, não pela mudança de povos, mas sim para mostrar a herança cultural da cidade para o mundo.

É uma praça lindíssima e merece toda a atenção para os seus detalhes. É possível andar de barco a remo no pequeno canal no meio da praça. Recomendo subir em sua torre, pois a vista la de cima é belíssima.

Plaza Espanha sevilha

Esses são os pontos que você não deve deixar de visitar durante a sua estadia em Sevilha. Dito isso, a minha maior recomendação é andar sem muito destino, e perde-se nas ruas da cidade. Não se preocupe, o centro de Sevilha é pequeno e você consegue atravessa-lo em menos de 30 minutos, então não conseguirá ir muito longe.

Eu me apaixonei pela cidade e tenho muita vontade de explorá-la mais à fundo no futuro.