Sonho de muitos, terror de outros. Uma viagem para o verão europeu deve ser bem pensada e estudada, principalmente se você tem limites de orçamento.

Quando ir?

Isso vai variar de acordo com o seu perfil e suas expectativas. 

Procurando acomodação na Europa? Confira os melhores preços aqui.

Junho

O clima é típico de verão, ótimo para praia e os preços são mais baratos. Quem quer curtir o sol e o calor, mas não quer encontrar lugares lotados e muita gente, é a melhor época. Além disso, as passagens para a Europa costumam ser mais baratas nessa época já que poucas pessoas estão viajando do Brasil para lá. 

Julho

É bastante calor, ideal para curtir o verão, mas nem tanto para cidades que não são litorâneas – você pode derreter! Julho é um mês bastante movimentado nos destinos de verão, mas não é o pico de lotação. Problema: as passagens do Brasil para a Europa ficam extremamente caras afinal essa é a época que todo mundo viaja (época de férias das escolas/universidades). Então, prepara-se para comprar com bastante antecedência ou desembolsar bastante dinheiro. 

Agosto

A primeira quinzena se assemelha muito com julho, passagens caríssimas. Já a segunda quinzena tem passagens aéreas mas baratas. Problema: é o mês de férias na Europa. Isso significa que os europeus também estão turistando pelo seu continente e lotando seus destinos de verão. Assim, os hotéis são mais caros, há muitas filas e muita gente. Se você quer curtir essa badalação toda, a melhor época é essa. 

Onde ir no verão europeu? 

Destinos clássicos:

Litoral Espanhol

Principalmente as Ilhas Baleares (incluindo Mallorca e Ibiza). Você pode associar uma visita à Barcelona. 

Cotê D’Azur, França

Desde Mônaco até St. Tropez, passando por Nice e Cannes, entre muitas outras cidades.

Para saber mais, veja nossa página sobre a França clicando aqui.

Ilhas Gregas

Especialmente Mykonos e Santorini.

Costa Amalfitana, Itália

As cidades de Positano, Ravello, Amalfi e, claro, a ilha de Capri – parada obrigatória. 

Para saber mais, veja: Como chegar e onde ficar na Costa Amalfitana e em Capri

Cinque Terre, Itália

As cinco terras italianas não prometem muita praia, mas um visual incrível. 

Destinos em alta:

Croácia

Oo país virou febre na Europa alguns anos atrás, especialmente por suas praias de água cristalina e​​ muita badalação. 

Para saber mais, veja nossa página sobre a Croácia clicando aqui!

Costa Esmeralda, Sardenha

essa ilha italiana é destino de multimilionários e famílias européias, mas possui acomodações para todos os bolsos. Uma visita à Sardenha promete cenários incríveis, muito sol e tranquilidade (foto ao lado). Para saber mais, veja:

O que fazer na Costa Smeralda

Como chegar e onde ficar na Costa Smeralda

Malta

O país é pequeno em território mas gigante em belezas naturais e arquitetônicas. Além do idioma ser o inglês, facilitando muito a viagem.

Algarve, Portugal

O país sempre consegue unir um visual maravilhoso, gente simpática e comida boa e barata!

Destinos que prometem nos próximos anos:

Albânia

Banhado pelas mesmas águas azuis e cristalinas das ilhas gregas e com praias de areia fina e branca (algo raro nos destinos de verão europeu), mas ainda pouca estrutura turística, o litoral da Albânia – na minha opinião –  será um dos destinos da próxima década. Se você gosta de aventura e destinos baratos, corre pra lá antes que todo mundo faça o mesmo!

Montenegro

No mesmo estilo da Albânia, porém com um litoral já mais explorado, Montenegro promete se tornar um grande destino nos próximos anos. 

Sicília, Itália

Boa comida, rica arquitetura, vulcões e muitas praias – além de várias ilhas. O sul da Itália, e principalmente a ilha siciliana, vem sendo descoberto pelo mundo e é repleto de curiosidades. O local já possui ampla estrutura turísticas, mas ainda não está na lista de desejos da maioria dos brasileiros.   

 

E aí, vamos??




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.