Infelizmente, as vezes a gente precisa cancelar uma viagem né? O cancelamento, por si só, já nos dá um aperto no coração, afinal aquela viagem foi planejada com tanto carinho. Mas pior que isso é quando a gente se dá conta de que – além da tristeza – o cancelamento de uma viagem pode pesar no bolso.

Eu tive que cancelar a minha passagem para a Itália em julho de 2017, apenas duas semanas antes da data marcada para embarcar. O processo é simples, e eu vou te mostrar como fazer.

Atenção: esse procedimento é válido APENAS para as passagens aéreas da LATAM compradas no site da empresa, na Central de Vendas, Fidelidade e Serviços e nas lojas LATAM.

* Se você tiver comprado a passagem com a LATAM Travel ou outra agência de viagens, o reembolso precisar ser solicitado com esta empresa.

Antes de começarmos, é importante saber que não haverá nenhum ônus nos pedidos de reembolso feitos até 24 horas após o recebimento do comprovante de compra (desde que a compra da passagem tenha ocorrido ao menos 7 dias antes da viagem).

1 – verifique as taxas de reembolso ou transferência

As taxas vão de acordo com o perfil da tarifa da sua passagem (quanto mais alta foi a tarifa, mais baixa será a taxa). Você pode encontrar essa informação na confirmação de compra da passagem, nos bilhetes eletrônicos e no site da LATAM.

Como são muitas regras e perfis, não vou listá-los aqui pra vocês, mas deixo o link pra vocês consultarem:

Tarifas em voos nacionais

Tarifas em voos internacionais

2 – solicite o seu reembolso pelo site

Gente, esse passo não pode ser feito por telefone. Eu queria fazer por telefone pra tirar dúvidas e garantir que daria certo, mas infelizmente não é possível. Então você precisará entrar no site da LATAM para efetuar o pedido.

Atenção: após a solicitação do reembolso, não é permitido cancelar o processo.

Pra fazer isso, você vai precisar do número do bilhete eletrônico (você encontra no seu e-mail ou consultando sua reserva no site LATAM) + número do cartão utilizado na compra.

Obs.: Se você não lembra o cartão que utilizou, consulte o e-mail com o recibo de compra das passagens e você vai encontrar os últimos dígitos do cartão.

Página principal do pedido de reembolso onde você deverá inserir o número do e-Ticket

Entre na página de reembolso (clique aqui) e siga os passos.

Importante avisar que o seu pedido de reembolso vai incluir todos os voos que estão no e-ticket.

Ex.: se eu for de Floripa para Milão com escala em Guarulhos, o pedido de reembolso irá abranger o voo de Floripa para Guarulhos e o de Guarulhos para Milão.

Ah! Se você quiser cancelar as passagens de mais de uma pessoa, terá que fazer o procedimento para cada e-ticket. No meu caso, tive que cancelar as passagens de 4 pessoas, então fiz 4 pedidos (cada um com o seu número de e-ticket – esse é o procedimento mesmo que todas as passagens tenham sido pagas no mesmo cartão).

3 – Aguarde

Feito o pedido, o que nos resta é aguardar. De acordo com a LATAM, o reembolso será processado em até 7 dias após a data da solicitação.

Como o dinheiro retorna?

  • Compra de passagens com dinheiro, débito em conta, boleto e pagamento em lotérica terão o valor reembolsado em conta corrente individual.

Obs.: Se você não tiver uma conta corrente no seu nome, a LATAM pede que você anexe uma autorização com firma reconhecida permitindo o crédito em outra conta ao final do processo de solicitação de reembolso.

  • Passagens pagas com cartão de crédito terão o reembolso efetuado na fatura do cartão. O valor poderá ser lançado em uma fatura integralmente, ou em duas faturas consecutivas com os valores divididos.

Esse foi o procedimento que eu passei e foi super rápido e tranquilo. Eu tinha parcelado o valor das passagens em 4x, e duas parcelas já haviam sido pagas. A empresa do cartão creditou o valor integral das passagens na minha fatura (constando como “créditos diversos”) e antecipou as parcelas que eu teria que pagar nos próximos meses.

Ou seja, o valor que você já pagou é abatido ​da sua conta do cartão de crédito, e o valor que você iria pagar mais tarde é “antecipado” para que seja abatido pelo crédito inserido na sua fatura. Bem simples.

Bizarramente, o valor integral das minhas passagens foi devolvido (não me perguntem o porquê, não faço ideia do que aconteceu, mas fiquei SUPER feliz hehe).

Eu adoraria ouvir a experiência de vocês! Deixem ali nos comentários 🙂