Por que viajar de ônibus pela Europa quando você pode voar de low cost? Continua lendo que eu te conto diversos motivos!

Quando eu soube que viria para a Europa ficar provavelmente um ano, depois de toda a comemoração e choque inicial, veio a felicidade de que eu iria poder visitar todo o continente com as empresas aéreas de baixo custo, as famosas low cost. Tenho vários amigos que já viajaram para o outro lado do continente por menos de 10€ e eu estava animadíssima com isso!

Procurando acomodação na Europa? Veja os melhores preços aqui.

Agora, imaginem a minha cara quando comecei a pesquisar os voos saindo de Munique e não encontrei um destino por menos de 80€ durante a semana, que podem custar até o dobro de sexta à domingo – tempo que eu teria disponível para viajar! E tudo bem, se compararmos com os preços que pagamos para viajar dentro do Brasil não é nada absurdo desembolsar isso para conhecer outro país. O problema aparece quando você ganha um salário que não consegue sustentar esse tipo de despesa – mesmo que ganhe em euros!

O aeroporto de Munique tem empresas Low Cost como Easy Jet, Vueling e Transavia. O fato é: Vim para trabalhar, e não para estudar. Tenho o final de semana para viajar por aqui, e as passagens baratas geralmente são no meio da semana quando a procura é menor, então viajar de avião não se torna uma opção muito viável.

Passada a super surpresa, comecei a pesquisa e encontrei o site GoEuro que procura o preço de avião, trem, ônibus e até Blablacar (aplicativo de caronas famoso aqui na Europa). Também encontrei esse site que mostra os voos low cost dos aeroportos da Europa, basta procurar o país e a cidade que você deseja ter a infomação: Euroflights.

Quando eu vi que ônibus era uma opção – muito – mais barata, não deu outra! Já visitei quatro países e mais de dez cidades só com o bom e velho ônibus! Quem diria!

Vantagens e Desvantagens

A vantagem de viajar de ônibus é realmente o preço, dependendo do destino é muito, muito barato! Fui e voltei de Munique para Berlin por 15€ durante a noite, e para Colônia por 9€! Outra vantagem é poder levar duas malas grandes sem pagar a mais (mas leia antes as regras porque algumas empresas gostam de sacanear e cobrar).

O banheiro é sempre limpo e bom, em todas as companhias que eu viajei. E você precisa chegar só 30 minutos (por margem de segurança, pode ser até menos) antes do horário de partida para pegar seu lugar e ir embora, rápido e fácil.

Além disso, viajando de ônibus você começa a prestar atenção nos destinos mais perto de você! Foi assim que eu fui parar na Eslovênia, com apenas 5 horas de viagem, e valeu cada segundo e centavo investidos (falamos sobre essa aventura aqui).

Os pontos que as pessoas me apontam como negativos são viagens muito longas – dependendo do destino – principalmente se você escolher viajar durante a noite como eu sempre faço, e a falta de conforto. Realmente, não da pra comparar com uma cama, mas se você der sorte de pegar o banco do lado vazio fica quase comparável à um hotel cinco estrelas, haha.

Eu prefiro sempre viajar à noite mesmo que demore mais pois assim ganho tempo para visitar a cidade. Eu também não tenho problemas para dormir em ônibus o que facilita muito.

Na minha ida para Hamburgo, 12h de viagem durante a noite, quando as pessoas me perguntavam se eu estava maluca (europeus tem uma perspectiva de longe/perto bem diferente que dos brasileiros) eu só pensava “Se não agora, quando?”.

Claro que se você está em Berlim, Barcelona, Londres ou Amsterdam vai conseguir encontrar companhias low cost aos montes. E, para não ser injusta, tem um aeroporto há uma hora e meia de Munique que tem mais empresas que fazem voos low cost como a Ryan Air, mas no final você acaba pagando o mesmo valor pois o transfer de Munique para lá custa mais de 20 euros, chama-se Memmingen. E a maioria dos voos baratos e bons são durante a semana.

Resumindo: se você está em Munique ou em uma cidade similar para estagiar e quer viajar fora do seu período de férias, ônibus é a minha dica!