Não é de hoje que as pessoas alugam quartos, apartamentos ou casas em lugares turísticos pra economizar e aproveitar a cidade de um jeito diferente, e o site Airbnb veio pra facilitar essa experiência. Nesse post a gente te explica como reservar acomodações por lá!

Várias são as vantagens de se alugar uma acomodação durante a sua viagem, especialmente a economia com diárias e comida (você pode fazer compras no mercado e cozinhar, por exemplo), além de ter uma experiência um pouco menos turística, vivenciando melhor a vida local. Mas alugar uma acomodação também tem seus pontos fracos, como a falta de uma recepção pra te auxiliar, ninguém pra arrumar seu quarto durante a estadia e ter que encher a geladeira pra conseguir algo pra comer se bater aquela fome e a preguiça de sair de casa.

ATENÇÃO: antes de começar a pesquisar acomodações, vale a pena dar um “google” sobre a aceitação do Airbnb na sua cidade de destino, isso porque o aplicativo vem enfrentando problemas legais em algumas localidades já que muitos dos hosts (donos dos imóveis) não declaram os valores no imposto de renda e esse tipo de hospedagem acaba enfraquecendo o movimento dos hotéis. O caso mais emblemático é o de Nova Iorque, que não aceita o aluguel de apartamentos inteiros por menos de 30 dias – pelo menos por enquanto.

1 – crie um perfil atrativo

Isso nos pareceu estranho no começo, afinal porque é preciso ter um perfil atrativo pra conseguir​​ reservar?! Temos que lembrar que o Airbnb é uma relação de confiança, que as pessoas estão emprestando seus imóveis (os hosts) pra outras completamente desconhecida vindas de diversos lugares do mundo. Tanto quanto você quer saber quem está alugando o imóvel pra você, essa pessoa irá querer saber quem ela vai hospedar.

Assim, coloque uma foto amigável, que seja possível te identificar, e preencha os dados cadastrais. Você também pode escrever um pequeno texto falando um pouco sobe você!

Identificação Verificada:

Quando você estiver criando seu perfil, terá a oportunidade de passar por algo chamado Identificação Verificada. Essa é uma forma de o Airbnb garantir a segurança dos Hosts e dos que vão alugar. Para fazer isso, você terá que tirar uma foto de algum documento de identificação seu, de preferência algo que possua uma foto. Pode ser carteira de identidade, passaporte, carteira de motorista, etc e assim que a verificação for concluída você receberá um selo em seu perfil.

Vale lembrar que seu documento não ficará disponível para ninguém, os usuários da comunidade apenas poderão ver o selo em seu perfil mostrando que a identificação foi bem sucedida. Alguns hosts preferem alugar seus espaços para as pessoas que passaram por esse processo e outros não alugam para pessoas sem o selo.

DICA 1: adicione ao seu perfil um contato para emergência, vai que … né?

DICA 2: você pode pedir referências aos seus amigos que já utilizaram o Airbnb ou conectar o seu perfil com as suas redes sociais, são formas de reforçar a sua identidade e deixar seu perfil ainda mais atraente ao host!

2 – busque sua acomodação

Existem vários modos para se encontrar a acomodação perfeita. Como já havíamos pesquisado sobre as cidades, optamos por usar os filtros na hora da pesquisa e escolhemos a área onde queríamos ficar. Além de selecionar o bairro onde você quer se hospedar, os filtros podem tornar a pesquisa mais específica selecionando também o tipo de acomodação que você busca (um quarto privado na casa de alguém, um quarto compartilhado, um apartamento ou casa inteira), comodidades (wifi, ar condicionado, etc), o valor que pretende gastar por diária, etc.

Airbnb Picks:

Um outro modo de se achar lugares interessantes é através do “Airbnb Picks”. Lá você encontra as acomodações recomendadas pelo site que estão distribuídas em categorias divertidas como: Vivendo a céu aberto, Castelos, Casas na Árvore e Casas de autores consagrados.

Superhosts:

Uma boa ideia é alugar propriedades dos chamados superhosts, que são aqueles hosts que possuem uma boa reputação no site. Essas pessoas geralmente possuem um numero alto de hóspedes já atendidos e uma boa avaliação.

DEPÓSITO DE SEGURANÇA:

Ao procurar por acomodações você vai perceber que muitos exigem um depósito de segurança. Você não precisa se preocupar com esse valor pois ele não será cobrado de você ao fazer a reserva. Para que esse valor seja cobrado, o host precisa fazer uma denúncia em até 48 horas após o fim da sua hospedagem. Depois disso, o Airbnb vai investigar se a denúncia é válida e se o pagamento do depósito de segurança se faz necessário. Se sim, o dinheiro será cobrado através do Airbnb e liberado para o host.

3 – Guarde as acomodações que mais gostou em uma Lista

Fica mais fácil pra comparar depois. Salve todas as suas acomodações preferidas em uma Wish List (você pode criar várias se tiver mais de um destino).

4 – Analise com cuidado as fotos, localização e Reviews

Assim como você, os hosts também precisam fazer um perfil. Analisando todas as informações com cuidado, você vai conhecer um pouco melhor a acomodação e a pessoa que está alugando-a. As reviews feitas por quem já se hospedou naquele lugar são importantíssimas e com elas você vai poder ter um pouco mais de segurança sobre a acomodação, o host, e a localização da propriedade!

Se tiver alguma dúvida, uma boa ideia é mandar uma mensagem para o host. Você pode fazer isso direto pelo site, clicando em “contact host”. Além disso, é essencial checar se o host possui o selo de verificação e as regras da casa. Por exemplo: caso você fume, é bom procurar por um lugar que aceite fumantes.

Endereço da acomodação:

Importante ressaltar que por motivos de segurança o endereço exato da acomodação não vai aparecer na sua pesquisa, apenas uma localização aproximada – que já dá uma noção boa, mas não excelente, de onde você vai se hospedar. Por isso é super importante ver os comentários de quem já ficou naquela acomodação, especialmente os que falam sobre a localização da propriedade.

Mas calma, você terá acesso ao endereço completo após efetuar a reserva!

IMPORTANTE: se comunique com os hosts sempre PELO SITE, assim fica tudo gravado e, se você tiver algum problema com o host, comunique o Airbnb imediatamente.

5 – decidiu alugar?

Assim que você escolher onde ficar, terá que ver se a reserva é instantânea ou se terá que fazer um pedido de reserva. Se a reserva for instantânea, você não precisa de aprovação do host e sua reserva é confirmada assim que o processo de pagamento for concluído.

Caso você tenha que passar pela aprovação do host, há o risco de sua reserva ser negada então é sempre bom mandar uma mensagem pro host incluindo uma breve introdução sobre você e a sua viagem, isso pode aumentar suas chances. Assim que o host aceitar sua reserva, o pagamento é recolhido.

Nossas experiências foram bem tranquilas nesse ponto. Todas tiveram que passar pela aprovação, mas foi super rápido e os hosts foram super queridos e comunicativos, tirando algumas dúvidas e dando dicas sobre o local.

Sobre o pagamento: pode ser efetuado com cartão de crédito em reais, o site já faz a conversão na hora. O valor é cobrado no momento da reserva mas só é liberado para o Host quando você se hospedar.

6 – combine sua chegada

Com tudo reservado e o pagamento efetuado, só falta combinar certinho seu check in e check out com o host. Dependendo da disponibilidade da hospedagem, pode ser concedido um check in antecipado, por exemplo. Os hosts costumam enviar as instruções para pegar as chaves da acomodação algumas semanas antes da viagem, então fique esperto.

DICA: baixe o aplicativo do Airbnb e se comunique com o host quando já estiver em viagem!

E você? Já reservou pelo Airbnb e tem alguma dica pros outros viajantes? Conta pra gente!