Finalmente as regras mudaram, e boa parte dos brasileiros não precisa mais de visto de turismo canadense para ingressar no país!

Basicamente, os brasileiros que possuam visto de turismo americano válido (ou que possuíram um visto temporário canadense nos últimos 10 anos) e que entrarão no Canadá de avião NÃO PRECISAM mais de visto.

Nesse post aqui você confere todos os detalhes sobre as novas regras. 

Já garantiu o seu hotel no Canadá com os melhores preços? Clique aqui e navegue pelas ofertas.

 

Se você não está na lista de sortudos, coloque o valor do visto no seu orçamento (gastei +/- 450 reais) e venha ler esse post que eu te explico como tirar o visto de visitante online para ir ao Canadá.

Atenção: o processo online só está disponível em Inglês e Francês e suas respostas devem ser também em uma dessas línguas.

DICA: O visto terá a validade do seu passaporte então, se faltar pouco tempo pra vencer, vale a pena renovar o passaporte antes de solicitar o visto canadense! Meu visto vencerá somente em 2026, enquanto o do meu namorado já vence em 2018 e pagamos o mesmo preço.

1 – Consulte se você não se enquadra nas isenções de visto

Entre nesse link: http://www.cic.gc.ca/english/visit/visas.asp e confirme se você precisa realmente de um visto ou um eTA basta.

Atenção: De qualquer forma, não pule esse passo afinal as regras estão sempre mudando!

2 – Responda ao questionário 

Acesse o site: http://www.cic.gc.ca/ctc-vac/getting-started.asp e clique em “Check your eligibility”. Esse primeiro momento serve para você responder algumas perguntas e descobrir que tipo de visto vai precisar. As perguntas seguintes vão variar de acordo com a sua resposta à anterior, então não posso dizer com exatidão o que vão te perguntar. Apenas responda tudo com sinceridade e, se tiver dúvida sobre a pergunta, clique na interrogação ao lado dela para mais esclarecimentos.

3 – Receba seu “Personal Reference Code” e sua checklist de documentos

Depois de responder ao questionário, o site vai te levar a uma página que confirmará qual o seu tipo de visto e se você é elegível para fazer o processo online. Ali, também será gerado um código chamado “personal reference code” e uma checklist dos documentos que você vai precisar enviar. Guarde essas informações, especialmente o código – que você vai precisar depois! Como eu possuo visto americano válido (uma das perguntas do questionário do item “2”), não me foram exigidos muitos documentos, mas dependendo do caso pode-se exigir até comprovante de renda e perícia médica.

Atenção: você não precisa preencher os formulários já, apenas veja o que você vai precisar e espere até o item “6”.

4 – Crie um perfil MyCic

Entre nesse link: http://www.cic.gc.ca/english/e-services/mycic.asp e role a página para baixo até encontrar esse botão aqui:

 

Na próxima página, escolha a opção “sign up” e siga os passos do site.

Atenção:  você vai ter que criar um login e senha, além de várias perguntas e respostas de segurança (podem ser em português). Pense em respostas fáceis e, de preferência, anote-as em algum lugar pois todas as vezes que você fizer o login no portal MyCic você terá que responder a uma dessas perguntas.

Quando quiser entrar no portal novamente, faça o processo citado acima mas, ao invés de clicar em sign up, escolha a opção sign in.

5 – Conecte seu Personal Reference Code ao perfil MyCic

Logado no seu perfil MyCic, selecione a opção de apply for “Visitor visa, study and/or work permit”:

Você será direcionado a essa página, que vai exigir aquele “personal reference code” que mencionei no item “3”. Digite ele e clique em “continue”, você terá que confirmar as respostas que deu no questionário e, após, verá sua checklist de documentos.

Atenção: se tiver pulado os itens “2” , “3” e “4” , nessa mesma página você pode realizar o questionário e obter seu código.

DICA: antes de começar os próximos passos, vale a pena já providenciar a foto e ter o passaporte em mãos.

​6 – Corra atrás da documentação

Aquela documentação da checklist do item “3” e que também vai aparecer no item “5”, lembra? Quando falo para correr atrás da documentação, não quero dizer o preenchimento dos formulários, mas aquelas coisas que você precisa fazer fora do computador, como tirar a foto para o documento, pegar seu passaporte, possível declaração de rendimentos (se lhe for exigida) e etc. Com tudo isso em mãos, você não precisa ficar parando o processo depois – pode fazer e enviar tudo de uma vez só!

Se tiver dúvidas, veja as documentações que me foram exigidas e como eu fiz no item “7”.

7 – Preencha os formulários e faça o upload da documentação exigida

Com o perfil MyCic aberto e sua checklist em mãos, chegou a hora de preencher os formulários e fazer o upload dos documentos. Vou falar um pouquinho sobre cada um dos documentos que me foram exigidos e como eu os preenchi:

– Application for Visitor Visa (Temporary Resident Visa), formulário IMM5257: esse é o formulário principal. Você irá preencher todas as suas informações pessoais como empregos dos últimos 10 anos, estudos, endereço, número do passaporte e validade, se vai visitar alguém no Canadá e etc.

Atenção: o formulário exige a versão atualizada do Adobe Acrobat Reader para funcionar. Se, mesmo depois de instalar o programa, você não conseguir visualizar o formulário, tente fazer o download e clicar com o botão direito do mouse em cima do arquivo —> abrir com –> Adobe Acrobat Reader

Após preencher todos os campos, clique em “Validate” (há um botão no começo e um no final do formulário). Você verá que, se todos os campos necessários estiverem preenchidos, o campo “Validated” na primeira folha será modificado para “Yes”.

Obs.: UCI é um número que apenas pessoas que já fizeram outros processos com o governo canadense vão possuir, então você deve deixar em branco se esse não for seu caso.

Assinatura:

Você não precisa assinar seu formulário se o seu procedimento está sendo feito online. Isso porque, quando você enviar todos os documentos para o visto, você assinará de forma online e declarará a veracidade de todas as informações. Então, apenas date o formulário e deixe a parte da assinatura em branco, como eu demonstro abaixo.

Salve o arquivo em PDF ao terminar. Provavelmente, você terá que criar um novo arquivo para salvar com suas informações – pelo menos comigo foi assim. Sem estresse, clique em “arquivo” –> “salvar como” e dê um nome diferente ao formulário. Apenas não confunda na hora de fazer o upload no portal MyCic!

Passaporte: aqui, você deve fotografar ou scannear as páginas do seu passaporte válido que contém os seus dados, número do passaporte e foto. Salve o arquivo em JPEG e faça upload no sistema MyCic.

Family Information Form, formulário IMM5707: esse é o formulário que contém algumas informações sobre você e sua família. São poucas as informações pedidas, apenas o nome dos seus pais e marido/mulher/companheiro se houver; a data de nascimento; o país de nascimento; o endereço; a profissão (escreva em inglês!); e se essa pessoa vai te acompanhar na viagem.

Se algum dos campos não se aplica a você, preencha apenas “N/A” na parte onde se preenche o nome.

Após, você deve preencher se possui filhos e os dados deles também. Se não tiver nenhum filho, como no meu caso, apenas deixe em branco.

Obs.: não esqueça de datar os formulários. Como dito anteriormente, você não precisa assinar seu formulário se o seu procedimento está sendo feito online. Isso porque, quando você enviar todos os documentos para o visto, você assinará de forma online e declarará a veracidade de todas as informações. Então, apenas date o formulário e deixe a parte da assinatura em branco. Esse é o exemplo de como ficou meu formulário (sem a parte da família):

Salve o arquivo em PDF ao terminar. Provavelmente, você terá que criar um novo arquivo para salvar com suas informações – pelo menos comigo foi assim. Sem estresse, clique em “arquivo” –> “salvar como” e dê um nome diferente ao formulário. Apenas não confunda na hora de fazer o upload no portal MyCic!

Travel History: esse documento serve para você mostrar ao governo canadense que já viajou pra outros lugares. Para fazer isso, abra um documento do word, escreva pequenos textos (em inglês) explicando pra onde já foi, quando e com qual propósito e, logo abaixo, coloque as fotos dos carimbos do seu passaporte. Também vale colocar qualquer visto que você tenha obtido para outros países e bilhetes aéreos antigos.

Atenção: se você possui visto americano, a primeira e mais importante foto do seu Travel History deve ser do visto!

Salve como arquivo PDF e faça o upload ao portal MyCic.

Digital Photo: a foto digital deve ter, no mínimo 35mm por 45mm, o tamanho da cabeça (é sério!) deve ter entre 31-36mm e o formato deve ser em JPEG ou JPEG2000.

No meu caso, fui tirar a foto com fundo branco e eles não tinham como me fornecer arquivo digital, então tirei foto daquela foto com meu celular e anexei ao portal MyCic. Não sei se o tamanho da cabeça estava correto, hahah, mas não tive problemas.

Letter of Explanation: esse não foi um documento necessário pra mim, era opcional, mas resolvi anexar pra melhorar minhas chances de conseguir o visto. Fiz um documento no word explicando porque eu estava indo para o Canadá, todo meu itinerário de viagem e coloquei fotos de todas as reservas que já tinha feito (avião, trem, apartamentos pelo airbnb). Eu já tinha tudo reservado porque fui pega de surpresa com a necessidade de visto, como falei ali em cima, mas se você não tem reservas ainda apenas explique o que pretende fazer por lá!

Salve como arquivo PDF e faça o upload ao portal MyCic.

DICA: você não precisa fazer toda essa etapa de uma vez só. Os documentos que você já fez o upload ficarão lá pelo tempo que o seu “personal reference code” for válido – normalmente 60 dias – e nesse tempo você pode entrar e sair o quanto quiser. Sua aplicação ainda não enviada vai ficar no campo “Continue my profile/application, not yet submitted:

8 – Com todos os documentos anexados, hora de enviar a declaração e fazer o pagamento. 

Você terá que declarar a veracidade das informações escrevendo seu nome (essa é a assinatura digital que falei no item 7), e depois será direcionado para o pagamento. Todo esse processo tem um tempo de duração, por isso indico que você já esteja com o cartão na mão para efetuar o pagamento da taxa. Em junho de 2016, o valor da taxa foi de 100 dólares canadenses!

Depois do pagamento, você será direcionado a uma página com o recibo. Guarde-a.

Também receberá e-mails avisando que tem mensagens pra você no portal MyCic. Essas mensagens vão confirmar ou não o recebimento da sua aplicação para o visto.

Para checar suas mensagens, entre no seu perfil MyCic e encontre essa tela:

Aqui, você pode ler as mensagens que lhe são enviadas e acompanhar o status da sua aplicação.

Pronto. Solicitação de visto enviada. Agora é aguardar e torcer pra tudo dar certo! Clicando aqui você pode ler sobre a duração do meu processo de solicitação e, clicando aqui, você pode ler um passo a passo sobre como enviar seu passaporte para o governo canadense (após ele ser solicitado!!).

Quanto mais cedo, melhor. Reserve já o seu hotel no Canadá com os melhores preços (e, muitas vezes, cancelamento gratuito).